Museu Isabella Stewart Gardner: passeio imperdível em Boston

Com mais de 2500 obras de arte de importância mundial, o Museu Isabella Stewart Gardner é um dos passeios mais imperdíveis de Boston. E não só isso: construído ao estilo dos palácios venezianos do século 15, é também um dos lugares mais bonitos em que já estive.

Leia também: 

Hi Boston Hostel – minha experiência no melhor hostel de Boston

Como visitar Harvard – tour gratuito pela universidade mais famosa do mundo

Museu Isabella Stewart Gardner -  o que fazer em boston - delamila

A historia do Museu Isabella Stewart Gardner

O museu foi inaugurado pela americana Isabella Stewart Gardner em 1903.

Isabella, colecionadora de arte e filantropa, começou a se dedicar ao museu após receber uma grande herança do pai, que havia falecido.

Em 1894, com a ajuda do historiador Bernard Berenson (especializado em Renascimento), ela se tornou a primeira pessoa nos Estados Unidos a possuir um quadro do mestre italiano Botticelli. Alguns anos depois, teve também o primeiro Matisse a entrar em uma coleção americana.

Após a morte de seu marido, John L. Gardner, Isabella comprou terras na região de Fenway, em Boston, para realizar o sonho de construir o seu próprio “palazzo”. Depois, passou um ano decorando o lugar com pinturas, móveis, tecidos e objetos de diferentes culturas e épocas.

Antes de falecer, ela deixou uma fortuna destinada a manutenção da sua coleção e desde então, o Museu Isabella Stewart Gardner é considerado um dos museus mais importantes para os amantes da arte e da cultura.

O roubo ao museu

Em 1990, um acontecimento trágico marcou a história do museu: um roubo de mais de 500 milhões de dólares (!!!!!!!) em arte. Foram roubadas 13 pinturas das paredes do museu.

No seu testamento, Isabella declarou que o museu não poderia ser alterado de forma alguma, então as molduras vazias dos quadros roubados ainda estão penduradas nas paredes.

Como chegar

O museu fica no endereço 25 Evans Way, Boston, MA 02115.  

Eu fui de metrô, a alternativa mais barata. Como estava ficando no Hi Boston Hostel, andei até a estacão Boylston Street, peguei o trem E (sentido Heath Street) e desci na estacão Longwood.

Conhecendo o Museu Isabella Stewart Gardner

A entrada para o Museu Isabella Stewart Gardner custa 15 dólares por pessoa. Além do palácio principal, há uma parte moderna – nova – onde fica a entrada, banheiros, uma loja, um café e algumas salas extras de exposição. Quando fui, foi nessa parte que estava rolando a exposição “Botticelli: Heroines + Heroes” apresentando as pinturas “A historia de Virgínia” e “A história de Lucrécia”.
 
 
Após entrar nessa ala nova, você logo será direcionado a uma espécie de corredor de vidro que dá entrada ao palácio.
O palácio é lindo, chega a ser inacreditável. É impressionante a diferença entre o edifício moderno e a parte original do museu. A sensação é de ter voltado no tempo.

Uma coisa muito legal sobre esse museu é que tudo foi disposto como se fosse uma casa cheia de arte, não um museu.

 
 

As fotos falam por si mesmas, né? O lugar é simplesmente impressionante. Na minha humilde opinião, é um dos passeios mais imperdíveis para fazer em Boston 🙂


DESCONTOS PARA SUA VIAGEM

Confira AQUI todos os descontos e parceiros do blog que vão deixar a sua viagem ainda mais fácil (e baratinha!) 🙂

HOSPEDAGEM

Confira as melhores opções de hospedagem perto do museu:

Booking.com

One Reply to “Museu Isabella Stewart Gardner: passeio imperdível em Boston”

  1. […] Museu Isabella Stewart Gardner: passeio imperdível em Boston […]

Deixe uma resposta